Conheça o BAKS®, fertilizante que pode trazer diversos benefícios para áreas de pastagem

BAKS® libera os nutrientes de forma gradual. Então não se perde por lixiviação e é possível economizar na operação.” 

João Guilherme Surita

Pecuarista em Ribas do Rio Pardo/MS

BAKS® é um fertilizante que pode ser personalizado e fornece potássio, enxofre, boro, silício e manganês.  

Escolha a versão ideal para sua lavoura. 

5 motivos para escolher BAKS®

Otimiza adubação nitrogenada¹  

Graças à tecnologia exclusiva N Keeper que promove a retenção de amônio no solo, reduzindo as perdas de nitrogênio  

Libera os nutrientes de forma gradual

Essa característica é importante para a reconstrução da fertilidade do solo e para a recuperação das pastagens.

Aumenta a eficiência do manejo

Por ser multinutriente, BAKS® aumenta a eficiência da adubação reduzindo a quantidade de entradas necessárias para aplicação de fertilizantes. É mais economia para o agricultor.

É rico em silício

O nutriente melhora a resistência ao acamamento2, aumenta a taxa fotossintética3 e a defesa contra pragas e doenças4
Aumenta a capacidade do solo de reter água e nutrientes5

Devido a propriedades da sua principal matéria-prima

BAKS® conta com enxofre elementar micronizado com a tecnologia exclusiva MicroS. Ela foi desenvolvida para garantir a elevada performance do nutriente em campo. Conheça os benefícios do enxofre para pastagens:

• Ajuda no desenvolvimento das bactérias do rúmen do gado

• Proporciona melhor síntese de aminoácidos sulfurados essências (metionina e cistina) para atividades fermentativas6

• Aumenta a resposta da planta forrageira ao nitrogênio aplicado e pode melhorar a eficiência da adubação7

Pastos de qualidade8 podem funcionar como bons sequestradores de CO2

BAKS® contribui para reduzir ainda mais a emissão desse gás na atmosfera  Por não matar a microbiota9, permite que mais carbono seja capturado no solo

Já são mais de 5.000 agricultores satisfeitos com nossos fertilizantes

Confira mais alguns relatos de quem cultiva pastagens

Na questão da semente de capim, aqui acama muito. O K Forte® consegue segurar mais a planta, deixar mais bem estruturada.

Antônio Carlos Maier

Fundador da Maier Sementes e produtor de sementes de pastagem em Chapada Gaúcha/MG

“Tem também a questão de resistência a estresse hídrico. As plantas têm uma sanidade melhor por causa da quantidade de silício que tem no K Forte®.

Adriano Martins Barbosa

Engenheiro Agrônomo e pecuarista em Pires do Rio/GO

BAKS® é o K Forte® + enxofre + boro

Quem somos?
Somos a Verde Agritech

Somos uma empresa de tecnologia agrícola que produz fertilizantes. Nosso propósito é melhorar a saúde de todas as pessoas e a do planeta. Por isso, em parceria com a natureza, fazemos a agricultura mais saudável, produtiva e rentável.

Alysson Paolinelli
Diretor da Verde

Referências bibliográficas

1 – Watanabe, S., et al. Effects of silicon nutrition on metabolism and translocation of nutrients in rice plants. Plant nutrition. Springer, Dordrecht, (2001). 174-175.  

2 – de Sousa, Juni Vicente, et al. Silicato de potássio via foliar no milho: fotossíntese, crescimento e produtividade. Bioscience Journal 26.4 (2010).   

3 – Silva, Rodrigo Vieira, et al. Effects of silicon on the penetration and reproduction events of Meloidogyne exigua on coffee roots. Bragantia 74.2 (2015): 196-199.  

4 – Heckman JR, Tedrow JCF (2004) Greensand as a soil amendment. Significance 500(105):1–063). 

5 – Rudmin, Maxim, et al. “Mechanochemical preparation of slow release fertilizer based on glauconite–urea complexes.” Minerals 9.9 (2019): 507.   

6 – Cotta, Tadeu. Minerais e vitaminas para bovinos, ovinos e caprinos. Viçosa, Aprenda Fácil, 2001. 

7 – MARTHA JUNIOR, Geraldo Bueno; VILELA, Lourival; DE SOUSA, Djalma Martinhão Gomes. Cerrado: uso eficiente de corretivos e fertilizantes em pastagens. Embrapa Cerrados-Livro técnico (INFOTECA-E), 2007. 

8 – Liu, Shibin, et al. “Degradation of Tibetan grasslands: Consequences for carbon and nutrient cycles.” Agriculture, Ecosystems & Environment 252 (2018): 93-104. 

9 – “Pesquisa do Dr. Felipe Santinato e do Dr. Fernando Dini Andreote aponta tecnologia que aumenta a quantidade de microrganismos benéficos no solo” Blog Verde.ag. 28 de outubro de 2020. 

Vamos conversar?